Ruffini: “Comunicação a serviço da unidade, não da divisão”