“Católicos” que promovem o aborto são agentes ativos de Satanás, diz sacerdote